Quando uma empresa era avaliada no passado, o patrimônio tangível constituído por prédios, máquinas, equipamentos e propriedades tinha um peso incrível. Os ativos imobilizados eram a base de sustentação do valor do negócio.

Mas o mundo mudou muito, empresas como UBER e Airbnb, se tornaram gigantes mundiais sem imobilizar capital em carros ou imóveis respectivamente, e empresas como Apple e Microsoft tem em seus ativos intangíveis a principal fonte de valor.

Num cenário como esse, em que agilidade e flexibilidade contam muito para competitividade, questiona-se cada vez mais os investimentos em ativos fixos, principalmente aqueles relacionados à tecnologia, que logo será superada.

Por outro lado, proteger o caixa é sempre importante seja para garantir o abastecimento das lojas, conseguir preços melhores pagando à vista ou para evitar a tomada de crédito.

Para se manter competitiva, a empresa precisa ter a sua disposição a melhor e mais avançada tecnologia, mas não pode ou não deve imobilizar capital em algo que não constituirá valor para seu negócio ou que se tornará obsoleto rapidamente.

A solução para essa equação é transformar a tecnologia em serviço, ao invés de um ativo fixo da empresa.

O conceito conhecido também como technology-as-a-service, surge na esteira do software-as-a-service, já consolidado há tempos no mercado, em que não se adquire as licenças dos programas, mas o direito de usá-los, sempre atualizados.

Nesse modelo a empresa paga mensalmente pela disponibilidade e uso dos equipamentos através de locação ou leasing operacional, obtendo de imediato seus benefícios, sem assumir qualquer ônus associado à imobilização do capital.

Os contratos são elaborados de forma a empresa ter a opção de realizar upgrade dos equipamentos no momento em que surgirem tecnologias superiores, evitando assim a obsolescência e ao mesmo tempo a melhor performance.

Em resumo, as vantagens da technology-as-a-service são:

  • Reduz barreira do montante de capital para ter acesso à tecnologia Acesso imediato aos benefícios da tecnologia garantido competitividade
  • Maior liquidez, não imobiliza recursos financeiros
  • Evita assumir a obsolescência dos equipamentos
  • Planejamento e previsibilidade dos custos associados à tecnologia
  • Garantia de operação sob qualquer condição prevista em contrato

Além disso, a opção de locação ou leasing operacional também garante benefícios tributários importantes, vide post [(/blog/beneficios-fiscais/)].

Nos dias de hoje, uma empresa valiosa de fato é aquela que tem simultaneamente dinheiro no caixa e os melhores equipamentos em operação.